Dez Emergências

O Que É Uma Emergência?

O que são situações de emergência e urgência?

Os termos “Emergência” e “Urgência” são termos usados, principalmente, na área de medicina, sendo que os seus respectivos significados costumam ser confundidos.

No entanto, você sabia que apesar de semelhantes os termos possuem conceitos e iniciativas diferentes? E o melhor, ao compreender o que cada um quer dizer, você vai saber como se comportar em situações de emergência e urgência. 

Por isso, vamos partir do básico! A diferença entre ambos é que a emergência é a constatação médica de condições de agravo à saúde que acarretam sofrimento intenso ou risco de morte, exigindo tratamento médico imediato. Já a urgência se trata de uma ocorrência imprevista com ou sem risco potencial à vida, onde o indivíduo necessita de assistência médica imediata.

Quem tem prioridade no atendimento de emergência?

Quando se trata de emergência, não existe fila preferencial como em bancos, em que as pessoas mais velhas serão atendidas primeiro, por exemplo. O atendimento será feito por prioridade, que se baseia no risco de vida, ou seja quem possuir maior risco de vida, será atendido primeiro.

Alguns casos em que a preferência é obrigatória, são:

  • Traumas severos;
  • AVC;
  • Infarto;
  • Convulsões, dores intensas no peito, abdômen, cabeça e outros;
  • Intoxicação por alimento ou medicamento;

Casos de Urgência

Já vimos o anteriormente que o conceito de urgência pode gerar certa confusão, por isso vamos elencar alguns casos, para que não reste mais nenhuma dúvida, veja:

  • Fraturas, torções e luxações;
  • Transtornos psiquiátricos;
  • Dor abdominal de moderada intensidade;
  • Febre maior que 38 graus há pelo menos 48h;
  • Retenção urinária em pacientes idosos;

Quando o pronto-socorro não é a melhor opção?

Quando já entendemos o conceito de emergência e urgência, fica mais fácil saber diferenciar na hora de agir.

Em casos mais leves, o pronto-socorro pode não ser a melhor opção, já que nesses lugares podem ter pacientes com doenças infecciosas, dessa forma o risco passa a não ser válido para um problema que não é de emergência.

Por isso que pronto-socorro é apenas para casos em que o paciente corre risco de vida imediato ou muito grave, já que o papel do médico nesse caso é tratar o caso do paciente de forma pontual, para amenizar os sintomas.

Cuidados e conhecimentos em urgência e emergência em enfermagem

Os profissionais que atuam nessa área devem conhecer alguns pontos fundamentais na hora de tratar um paciente, além deles é válido também que os pacientes tenham conhecimento sobre, para saber o que esperar caso ocorra a necessidade de ser atendido por algum profissional da área da saúde. Como por exemplo:

  • Acolhimento e classificação de risco: O atendimento ao paciente e a família deve ocorrer da forma mais humanizada possível, sempre agindo de forma ética e respeitosa. A classificação de risco tem o intuito de não demorar em prestar atendimento àqueles que necessitam de uma conduta imediata;
  • Suporte básico e avançado de vida: O Suporte Básico de Vida (SBV) requer em uma sequência de manobras não invasivas em pacientes com risco de morte. E o Suporte Avançado de Vida (SAV) consiste em procedimentos invasivos e de suporte circulatório e ventilatório;
  • Atendimento à vítima de trauma: É de extrema importância que os enfermeiros e médicos estejam preparados para se deparar com vítimas de trauma nas urgências e emergências. O profissional deverá estar habilitado a agir de acordo com os protocolos de Atendimento Pré-Hospitalar e Hospitalar ao Trauma.

Como proceder em situações de Urgência e Emergência?

Se você presenciar algum caso de urgência ou emergência, imediatamente ligue para a Dez Emergências Médicas por meio do telefone (11)-3348-1008 e receba o médico onde e quando precisar

Porém, se você não possui um plano de saúde, e está a procura de um, eu te aconselho o plano Dez Emergências com ele você terá um atendimento médico de qualidade, sem filas para inúmeros casos, e uma rede de benefícios completa com descontos em exames, medicamentos, consultas, saúde da mulher, educação e mais! Veja como funciona:

  • Ocorrências de Baixa Complexidade: Para esses casos o atendimento médico será a distância (Teleorientação Médica), e também para casos como, crises asmáticas, mal estar e dores no peito, trabalho de parto e surto psicótico.
  • Ocorrências de Média Complexidade: O atendimento médico ocorrerá no local, para casos como desmaios, engasgo infantil e trabalho de parto, acidentes domésticos e crises respiratórias graves.
  • Ocorrências de Alta Complexidade: Também ocorrerá o atendimento médico no local, para casos como infartos, convulsões, hemorragias, cortes profundos, queimaduras e choques elétricos e alergias agudas.

O protocolo feito pela Dez emergências, passa pelos seguintes passos:

  1. Identificação de mal estar ou sintomas graves;
  2. Acionamento do serviço de ambulância por telefone a qualquer momento;
  3. Triagem rápida por telefone onde nossa central de atendimento identifica o estado clínico do paciente com algumas perguntas como a localização da ocorrência e condição de saúde. As perguntas devem ser respondidas com clareza e calma;
  4.  Para situações de baixa complexidade a teleorientação é 24 horas. Já para situações de média e alta complexidade, uma de nossas equipes irá até o seu endereço o mais rápido possível;
  5. Em casos mais graves, o paciente será transportado para um hospital mais próximo;
  6. Com convênio médico, a transferência é para o hospital privado mais próximo. Sem convênio médico, a transferência é para o hospital público mais próximo;
  7. O beneficiário do plano Dez tem acesso a mais de 40% de desconto em saúde nas melhores redes de São Paulo

Proteja você e sua família contra mais de 50 tipos de emergência, somente aqui na Dez Emergências

São considerados eventos cobertos e prontamente atendidos pela Dez emergências as sintomatologias e patologias abaixo descritas sem prejuízo das demais a elas relacionadas:

  • Alergologia: reações alérgicas, agudas ou manifestações respiratórias (choque anafilático e Síndrome similares);
  • Cardiologia: Infarto Agudo do Miocárdio ou outras síndromes cardíacas isquêmicas, dor torácica, desconforto respiratório, hipertensão e choque circulatório de qualquer natureza (séptico, neurogênico e hipovolêmico);
  • Gastroenterologia: Hemorragias digestivas agudas (alta e baixa), quadros abdominais agudos e inflamatórios, hemorrágicos, perfurativos, vasculares e obstrutivos;
  • Neurologia: Acidente vascular cerebral (Isquêmico ou Hemorrágico), traumatismo crânio-encefálico, traumatismo raquimedular, aneurismas intracranianos rotos, crise convulsiva de qualquer etiologia e hipertensão intracraniana;
  • Pneumologia: Pneumotórax espontâneo, derrames pleurais com comprometimento respiratório e crises asmáticas;
  • Ginecologia/Obstetrícia: Trabalho de parto, grandes hemorragias puerperais e pre-eclâmpsia;
  • Traumatologia: Traumas em geral de membros inferiores e membros superiores, Politraumatizado, trauma de face com distúrbio de ventilação, trauma de face com lesão no globo ocular, traumatismo torácico contuso e/ou penetrante, trauma de grandes vasos sangüíneos com necessidade de intervenção cirúrgica imediata, trauma abdominal contuso e/ou penetrante, trauma extenso de partes moles, amputações traumáticas, queimaduras com comprometimento de área corporal superior a 20 % (vinte por cento), queimaduras de vias aéreas, acometimento sistêmico com corrente elétrica, afogamento, Intoxicações exógenas involuntárias e picadas de animais peçonhentos com risco de vida;
  • Acidentes domésticos e de trabalho de média e grande gravidade;

Lembrando que para casos de NÃO urgência e emergência médica, o indicado é passar em uma consulta. Mas em situações de risco de vida, como as descritas acima o indicado é o atendimento in loco ( no local da ocorrência)

E o melhor disso tudo, apenas aqui na Dez Emergências, você encontra planos que atendem as necessidades que cada um procura, para você, sua família ou empresa, a partir de R$49,90 por mês.

Referências

  • https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2014/prt0354_10_03_2014.html
  • https://www.unimedfortaleza.com.br/blog/cuidar-de-voce/diferenca-urgencia-e-emergencia
  • https://www.sanarmed.com/as-prioridades-em-pacientes-de-emergencia-colunistas
  • https://www.cuidar.me/blog/plano-saude/atendimento-urgencia-emergencia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *