Notícias

Fique por dentro das novidades

Conheça primeiros socorros para cortes

Primeiros socorros para cortes: como proceder?

Cortes, superficiais ou profundos, são acidentes que podem acontecer com mais frequência do que gostaríamos. Uma tarefa doméstica simples, como lavar a louça, pode resultar em uma ferida nas mãos, por exemplo. Portanto, é fundamental entendermos como realizar primeiros socorros para cortes. Então, confira as instruções que nosso time separou para você se preparar!

Passo a passo para primeiros socorros de cortes

Assim como todo tipo de acidente e ferimento, é essencial seguir algumas etapas no atendimento. Primeiros socorros para cortes superficiais são bem diferentes das técnicas usadas em ferimentos mais profundos. Entenda melhor abaixo a importância deste atendimento pré-hospitalar.

Primeiros socorros para cortes superficiais

  1. Em cortes superficiais, o primeiro passo é identificar se a ferida não é grave mesmo. Na sequência, deve-se lavar as mãos com água e sabão;
  2. Logo após, indicamos que lave a ferida com muito cuidado com água e sabão, certificando-se que o local fique limpo e livre de partículas que podem causar infecção;
  3. É fundamental também aplicar um antisséptico e seque o local em volta da ferida.
  4. Dependendo do nível da lesão, coloque uma gaze ou um pano limpo para cobrir a ferida. Em hipótese alguma utilize algodão, uma vez que as fibras podem grudar no machucado, provocando novo sangramento ao ser removido;
  5. Preserve o corte limpo e seco para facilitar a cicatrização.

Primeiros socorros para cortes profundos

  1. Nos casos de cortes profundos, é preciso ainda mais atenção. Primeiro, mantenha a calma e tente controlar a hemorragia imediatamente;
  2. Para isso, pressione o ferimento com uma gaze ou pano limpo. Se não for tão profundo, ele deve parar em alguns minutos. Na sequência, lave a ferida com água e sabão;
  3. Se a água não for suficiente para remover a sujeira do corte, use uma gaze (nova) para remover as partículas que ficaram coladas no machucado;
  4. Tome cuidado se tiver um pedaço de objeto cravado no corte, já que ao retirá-lo, você pode provocar uma hemorragia maior;
  5. Caso o sangramento esteja intenso, uma boa dica é elevar o membro para diminuir o fluxo de sangue;
  6. Depois que realizar a compressa de gaze para conter o sangramento, o médico deve ser consultado para avaliar o ferimento e realizar uma sutura;
  7. Por fim, após a sutura, os curativos devem ser feitos para que a cicatrização ocorra sem complicações.

Cortes na cabeça: um cuidado especial

Os cortes na cabeça merecem uma atenção especial, já que tendem a ser ainda mais complicados. Essas feridas, na maioria dos casos, resultam em sangramento abundante devido ao grande número de vasos sanguíneos concentrados nessa região do corpo. Como citado acima, se a ferida for superficial, água e sabão devem resolver o problema. Caso seja mais profunda, alguns pontos podem ser necessários para tratar o machucado.

Ainda é possível que a pancada que provocou o corte tenha causado sangramento em algum vaso situado no interior do cérebro, ou até mesmo nas membranas que o envolvem, como as meninges. Nesse tipo de situação, o diagnóstico deve ser imediato, já que esse sangue extravasado por comprimir estruturas cerebrais vitais para a sobrevivência do paciente.

Se o hospital em que a pessoa for atendida não possuir aparelho de tomografia computadorizada para agilizar o diagnóstico, é essencial que a vítima fique sob vigilância nas primeiras 24 horas depois do acidente. Além disso, ela deve permanecer acordada, especialmente se for uma criança. Se ela apresentar forte dor de cabeça, desequilíbrio ao andar, visão turva, vômitos, pupilas de tamanhos diferentes, sonolência, confusão mental, desmaio, sangramentos pelo nariz ou ouvidos precisa ser direcionada para assistência médica imediatamente. Afinal, esses sintomas referem-se a complicações neurológicas.

Dicas gerais para ferimentos causados por cortes

Por fim, separamos dicas extras que tratam sobre primeiros socorros para cortes:

  • Não use álcool, pomadas ou outros produtos sobre o ferimento. Como dissemos, aplique apenas água e sabão;
  • Nunca assopre o ferimento, pois há chance de contaminar o local;
  • Se algum sinal de infecção se manifestar, procure imediatamente ajuda médica.

O que achou do nosso artigo sobre primeiros socorros para cortes? Se gostou, não esqueça de curtir e compartilhar com seus amigos, mostrando a importância desse atendimento pré-hospitalar. Mensalmente, trazemos novidades da área de saúde para você.

Nos vemos no próximo artigo!

Continue navegando